Vitamina C e prevenção de úlcera gastroduodenal
  Data: 27/01/2004




Segundo pesquisa, a vitamina C interage com a bactéria Helicobacter pylori, causadora desta doença. O diretor desta pesquisa recomenda aumentar o consumo desta vitamina que se encontra presente nos frutos cítricos, por exemplo.

No estudo controlou-se a presença da bactéria ou de anticorpos contra esta em 7.000 participantes (americanos de diferentes raças e idades) e depois se mediram os níveis de vitamina C no sangue destes pacientes. Os resultados mostraram que a frequência de infecção nos participantes de raça branca com os maiores níveis de vitamina C era 25% menor.

A partir do estudo publicado no Journal of the American College of Nutrition, os investigadores não puderam determinar se a vitamina C poderia prevenir a infecção, mas estudos em animais sugeriram que uma ingestão adequada de vitamina C pode reduzi-la, segundo explicou Joel A. Simon, diretor do estudo e membro da Universidade de San Francisco, EUA.

"Não sabemos ainda se é a infecção que baixa os níveis de vitamina C ou os altos níveis desta no sangue protegem contra a enfermidade", reconhece o próprio professor Simon. Em qualquer caso "seria recomendável que as pessoas infectadas pela H. pylori aumentassem o consumo da vitamina C."

A bactéria, que é considerada responsável pela maior parte das úlceras de estômago, também pode fornecer benefícios a nosso organismo. A H. pylori seria prejudicial para o estômago, mas benéfica para o esôfago. Durante a década passada foi reduzida sua presença devido a uma maior higiene e ao uso de antibióticos, e esta diminuição conduziu ao incremento das enfermidades diarréicas e ao câncer de esôfago, segundo a revista New Scientist.





voltar