Reino Unido declara guerra à junk food
  Data: 17/10/2003



A Comissão de Saúde da Câmara dos Comuns vai interpelar grandes redes de fast food e produtoras de refrigerantes sobre o fato de terem as crianças como alvo de suas campanhas, lucrando com a venda de produtos prejudiciais à saúde. Os grandes supermercados também terão de explicar suas estratégias de marketing. O presidente da comissão, David Hinchliffe, que baniu a propaganda de cigarro do Reino Unido, quer fazer o mesmo com a junk food.








voltar